Confiram em baixo a recente entrevista do Taron Egerton com a MTV UK onde ele confessa que gostava de ver Eggsy e Deadpool juntos num filme.




Visualizem em baixo a recente entrevista do ator Taron Egerton com a Heat Radio:




Foi avançada a notícia de que a Universal Pictures e a Illumination Entertainment estão a planear lançar a sequela do filme Sing a 25 de dezembro de 2020.

Sing tem sido um grande sucesso para a Illumination por já ter arrecadado $429 milhões em todo o mundo, incluindo $250 milhões no mercado interno.

Em relação ao elenco ainda não existe informação se os atores que emprestaram a voz às personagens do primeiro filme vão voltar para o segundo capítulo da história.

Fonte




Visualizem em baixo novas entrevistas do Taron Egerton a propósito da estreia de Sing no Reino Unido.

Read the rest of this entry »




O canal português SIC vai transmitir este sábado, dia 28 de janeiro, por volta das 17h35 o filme Kingsman: O Serviço Secreto – esta será a estreia do filme num canal generalista.

Baseado no aclamado comic book «The Secret Service», o filme conta a história dos Kingsman – uma organização super secreta de espiões – que recruta um vulgar, mas promissor, rapaz para um programa de treino ultra competitivo da sua agência, assim como uma ameaça global que surge de um desvirtuado génio das tecnologias.




Leiam em baixo a tradução do artigo do IBTimes:

Depois de ter impressionado o público na comédia de ação Kingsman: O Serviço Secreto e na biografia de coração Eddie The Eagle, alguns seriam rápidos em sugerir que o ator galês Taron Egerton está rapidamente tornar-se um-para-assistir quando se trata de passeios engraçados ou o mais leve no mundo de cinema. No entanto, Egerton revelou recentemente que espera conseguir se ramificar em papéis um pouco mais dramáticos num futuro próximo.

Enquanto promovia o seu próximo filme Sing em Londres, ele falou sobre o tipo de filme que quer fazer mais adiante na linha da sua carreira, bem como com quem ele adoraria fazer esses filmes. “Eu sinto que nos últimos dois anos, tenho tido muita sorte de trabalhar com grandes estrelas estabelecidas, mas há muitos jovens atores de quem sou grande fã com quem eu adoraria trabalhar”, o Bafta-nomeado explicou ao IBTimes UK.

“Sabem, Will Poulter, Jack O’Connell, Adam Driver… pessoas assim, atores incríveis e jovens que realmente se estabeleceram no mundo do cinema.”

De facto, Egerton é grande fã de Poulter, em particular, que não se importou que ele tenha ficado com o papel que queria no filme de Alejandro Gonzalez Iñárritu, o drama vencedor de um Oscar, The Revenant…

“Eu não me importo de dizer que fiz uma audição para o mesmo papel que ele e ele mereceu obtê-lo”, ele admitiu. “Eu quero fazer esse tipo de filme. Eu não tomei a decisão consciente de fazer coisas que têm uma veia cómica. Eu gosto de as fazer, mas adoraria um par de papéis como os de Adam Driver, realmente adoraria! Espero que, se as coisas continuarem bem, uma dessas oportunidades chegue.”

Antes que ele possa aparecer em qualquer papel mais dramático, Egerton será visto – ou mais precisamente ouvido – na animação Sing junto a nomes como Scarlett Johansson, Reese Witherspoon e Matthew McConaughey. No filme, ele interpreta o gorila Johnny, que quer nada mais do que abandonar o gangue criminoso da sua família e tornar-se num artista. O filme será lançado nos cinemas do Reino Unido a 27 de janeiro.




Leiam em baixo a tradução do artigo da Standard.co.uk:

Taron Egerton diz que adorava entrar no smoking de Daniel Craig e tornar-se no próximo James Bond – mas ele acha que precisa de deixar crescer a barba.

O ator já interpretou um espião em Kingsman: O Serviço Secreto e vai voltar a vestir o papel de Eggsy na sequela Kingsman: O Círculo Dourado.

Craig, de 48 anos, disse que “preferiria cortar os meus pulsos” do que aparecer noutro filme de Bond – mas reservou “o direito de mudar de ideia”.

Egerton está entre uma série de estrelas britânicas que foram elogiadas como possíveis substituições, incluindo Tom Hardy, Idris Elba e Aidan Turner.

Mas aos 27 anos, o galês acredita que ainda é muito jovem para o papel. “Acho que a maioria das pessoas adoraria fazê-lo, mas acho que preciso de deixar crescer mais a barba antes de fazer isso”, disse ele.

“Eu seria um Bond muito ‘boyish’, não? Portanto, não há verdade nisso, neste no momento.”

O seu papel atual está num mundo longe de Bond – ele interpreta um gorila na animação Sing, que também estrela Scarlett Johansson, Matthew McConaughey e Reese Witherspoon.

Ele disse: “Eu prometo e juro que cantei tudo sozinho. E o mesmo vale para todos os outros. Acho que é por isso que eles querem pessoas que sabem cantar.”

Ele acrescentou: “Foi uma ambição minha antes mesmo de querer interpretar de me envolver na animação. Eu costumava desenhar e fazer figurinhas de plástico e assistir ao Wallace e Gromit. Então, fazer parte de um filme de animação como este é realmente um sonho.”

Ele disse que adoraria ter uma carreira semelhante à de Hugh Jackman, o seu co-estrela em Eddie The Eagle. “Ele é muito bom ator e cantor”, disse ele. “Eu adoraria se as pessoas pensassem em mim dessa maneira. Adoro cantar o quanto gosto de atuar.”




Numa recente entrevista com o The Hollywood News, o ator Taron Egerton falou sobre Sing e a sua personagem.




Confiram em baixo uma recente entrevista do Taron Egerton com o USA Today a propósito do filme Sing.




Taron Egerton falou recentemente com a Get Into Film a propósito da estreia do filme Sing no Reino Unido. Confiram em baixo os vídeos disponíveis: